Não adianta dizer que foi pega de surpresa quando alguém puxou o seu tapete. A grande verdade é que as pessoas dão sinais de que não são confiáveis. Negamos e não queremos acreditar que isso pode nos acontecer, afinal somos competentes e amigáveis com todos. Nos dedicamos com afinco em entregar os melhores resultados na empresa, cooperamos nos trabalhos em equipe e estamos sempre buscando desenvolver novas competências e habilidades. 

Infelizmente ninguém está imune a ação dos “puxadores de tapete”, por isso é bom ficar esperta e se ligar em alguns comportamentos. E não se engane, o puxador pode ser seu chefe, par ou subordinado. Então que tal conhecer os tipos mais comuns e não ser mais surpreendido.  

Imagina aquele colega com um sorriso sempre largo no rosto, sempre tão gentil e amigo. Um dia você tem uma ideia bacana e resolve compartilhar com seu gestor, ele está por perto e ouve.  Fingindo querer te ajudar, ele avança sobre a sua ideia insinuando que já experimentou e que não funcionou antes, mas quem sabe poderiam se unir para implantar novamente a ideia.  

 

Na realidade ele quer é roubar o credito, tudo bem que ninguém faz nada sozinho e ele pode ter boa intenção. Mas se esse comportamento é frequente com as suas ideias e de outros colegas, fique esperto, pois ele não é confiável. E se você contar a ele sua ideia sem apresentar ao seu gestor antes, pode ter certeza que em poucos dias ele é quem vai tocar o projeto e receberá todos os créditos. 

Um outro tipo sutil de comportamento é daquele gestor que fala o quanto você é indispensável naquele departamento ou projeto. Seus elogios, porém, esconde a real intenção de não te promover ou liberar você para outra área. Então não se iluda com o título de insubstituível, a verdade é que todos nós temos que ter alguém apto a assumir nossa posição, especialmente quando sonhamos com uma promoção. 

Sabe-se que há o tipo de gestor que chegou a uma posição de comando, sem ter as habilidades necessárias, sejam técnicas ou comportamentais. Se ele se deparou com seu talento e liderança nata na equipe, não se assuste ao seu colocado na “geladeira” corporativa. Seja com projetos ruins ou atividades sem destaque. O seu brilho pode estar ofuscando seu gestor e nesse caso, sua alternativa será buscar outra posição dentro ou fora da empresa atual. 

Quanto à colegas enciumados e “puxadores de tapete” há duas formas deles agirem e arruinarem sua carreira. Na primeira ele declaradamente virá seu inimigo, começa espalhando piadas maldosas e insinuações sobre você, o que muitas vezes prejudicará sua reputação e carreira. Mas esse pelo menos você explicitamente agora sabe que é seu “inimigo”. 

O pior, porém, é o que age de forma mais sutil. O seu superior sem saber coloca para ele a intenção de te promover ou alocar em um projeto mais desafiador. Seu colega faz uma cara tipo tenho dúvidas e ainda completa “É acho que talvez seja uma opção…” Ufa! Esse muitas vezes ainda te dá força para concorrer a oportunidade, mas por trás coloca suas opiniões contrarias. 

Seja como for, espero que essas reflexões te ajudem a ficar antenada e se precaver dos “puxadores de tapete”. Querendo se preparar melhor em sua carreira entre em contato comigo. Grande abraço e muito sucesso! 

Fonte: Superela


Renata V. Lopes

Atua há mais de 25 anos na área de Tecnologia da Informação com gerenciamento de projetos e equipes multidisciplinares, em grandes empresas como Grupo Gerdau, Lojas Renner, Hewlett-Packard, Rio2016 e Grupo Guanabara.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo Protegido!