Chegou àquela hora tão sonhada de gerir pessoas em sua carreira? Então analise com toda franqueza: Por que alguém deveria ser liderado por você? Será que você está pronto? O seu time te reconhece como um líder?

A gestão de pessoas é um grande desafio, especialmente para aqueles que alcançaram pela primeira vez uma posição de liderança. Alguns são escolhidos por fazerem um trabalho bem feito e terem tempo de casa. Nas grandes empresas, porém o processo é mais rigoroso, há um processo de avaliação definido pelo RH, no qual o candidato interno é submetido.

Se seu sonho é liderar pessoas, não importa de que forma sua promoção chegue, é fundamental, porém que você esteja pronto.  Antes de mais nada, busque autoconhecimento. Saber seus pontos fortes e fracos vai abrir perspectivas de desenvolvimento e crescimento ainda maior.

Todo profissional desenvolve, mesmo inconscientemente, uma marca profissional. Já ouviu no seu ambiente de trabalho, alguém dizendo: “Fulano” é colaborativo e muito comunicador, ou “Sicrana” é proativa e dinâmica. São as características que ficam ativas na mente de cada um que de forma direta ou indireta, cruzou seu caminho profissional.

Essa marca profissional pode ser boa, como pode ter conotações negativas. E como falei, sem se dar conta, você a leva por onde vai. Por isso essa descoberta sobre si mesmo, permite a mudança de rumo.  Vou ser sincera que algumas características você não vai ter interesse em desenvolver e, por conseguinte não irá mesmo.

Mas o que for importante para o seu crescimento, invista em desenvolver. Quando se lidera uma equipe, muitas vezes percebemos no time, alguém que possui as características que precisamos. Tire partido disso, aproxime-se desse profissional e aprenda com ele. Seja generoso e ensine algo em troca. Perfis complementares constituem a riqueza do capital humano dentro das organizações.

Recomendo que você tenha tempo para estar com todos os profissionais da sua equipe, tanto subordinados diretos, quanto aos pares de mesmo nível hierárquico. A organização onde você atua é um corpo vivo e com certeza você tem muito a crescer com cada conhecimento compartilhado.

Carregue todos os documentos da sua empresa na palma da sua mão!

Construa uma relação próxima com a sua equipe, entenda as aspirações, competências e habilidades de cada um. Errar é humano e como gestor faça de cada erro uma lição a ser aprendida por você e pelos que seus liderados. Se o prazo é curto, quem sabe colocando mais pessoas para desenvolver a tarefa.  Se é complexo demais, porque não acompanhar mais de perto.

O time quando percebe que o líder é aberto ao diálogo, conhece a cada um e os escuta na essência, sente-se valorizado e respeitado. Tente pelo menos uma vez ao mês sentar com cada um para analisar as tarefas e projetos, saber das dificuldades encontradas. Seja um facilitador da jornada de cada profissional que você gerir e com certeza eles também serão facilitadores da sua jornada.

Pense no futuro, tenha um propósito de carreira de longo prazo, trace novos planos se o anterior era até o ponto em que você se encontra. Não se descuide do aprendizado, sempre temos algo a aprender. Além de uma formação formal em uma universidade, busque cursos livres, palestras e fóruns como formas de estar em contato com profissionais de outras empresas.

Esteja aberto para entender principalmente que “a grama do vizinho não é mais verde”, você precisa de tempo para fazer “a sua grama ser verdinha também”. Infelizmente muitas empresas ainda não entendem o papel de uma área de Recursos Humanos estratégica. Mas não se intimide com isso, entregue resultados e deixe a sua equipe motivada.

Então dedique tempo em sua agenda para cada um dos seus liderados, tenha momentos de descontração, aplauda os bons resultados, corrija os deslizes, celebre as realizações, instigue a criatividade, desculpe-se das falhas, ria dos seus deslizes, se permita ouvir cada um, não se envergonhe de não saber a resposta, busque ajuda se for o caso, admita seus erros e seja o líder que todos escolheram.

Equipes motivadas entregam ótimos resultados, trabalham integradas e é sua responsabilidade como líder incentivar o crescimento deles. Se você os prepara para novos desafios, terá um time comprometido ao seu dispor. Não caia na cilada de não desenvolver as pessoas para que elas não saiam da equipe ou que se tornem superiores a você. Quanto mais sua equipe for destaque, mais você será destaque. Sua marca de bom líder e desenvolvedor de pessoas vai com certeza te preceder.

Fonte: Empregos.com.br


Renata V. Lopes

Atua há mais de 25 anos na área de Tecnologia da Informação com gerenciamento de projetos e equipes multidisciplinares, em grandes empresas como Grupo Gerdau, Lojas Renner, Hewlett-Packard, Rio2016 e Grupo Guanabara. Master coach, leitora compulsiva, blogueira, apaixonada por redes sociais e estudante em constante desenvolvimento, acredita na cooperação, colaboração e compartilhamento do conhecimento como forma de aprendizado.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo Protegido!