discutindo

Fonte: Pinterest

Quem nunca se deparou com um conflito dentro da sua organização, pelo menos uma vez, durante sua trajetória profissional? Esses conflitos são originados em equipes disfuncionais e nascem sem muito esforço. Basta uma pessoa para desandar toda a equipe.

Toda organização é composta por pessoas. Essas pessoas formam equipes formais ou informais de acordo com os projetos que são alocadas. As organizações dependem das pessoas, logo, o papel das equipes é determinante para o alcance dos objetivos estratégicos.

A liderança e a participação eficaz em uma equipe dependem essencialmente da competência interpessoal do gestor e dos membros. Se você leu os posts sobre profissionais tóxicos, deve estar identificando uns pelo caminho. É lógico que essas características são ruins e muitas vezes as pessoas não se dão conta de que são assim.

Podem ter aprendido a ser assim por onde passou, pois, o gestor é um espelho para seus funcionários diretos.  Existem gestores que foram formados por outros com péssima gestão. E nessa falta de habilidades de liderança arruinaram a unidade da sua força de trabalho sem se dar conta.

Felizmente podemos nos tornar bons espelhos se assim o desejarmos. Não é uma missão fácil, pois se fosse fácil todos seriamos bons exemplos. Os casos do artigo citado acima, e tantos outros como: profissionais apáticos, desinteressados pelo trabalho, com falta de iniciativa e não são cooperativos, podem ser tratados.

Sua missão como líder será gerir essa turma e ajudá-los a desenvolveram suas competências interpessoais, para transformá-los em um time de verdade e de alta performance. Algumas características desse time que você pode formar:

  • Pro-atividade e iniciativa
  • Alto desempenho
  • Superação de expectativas e desafios
  • Entusiasmo
  • Facilidade de relacionamento

Para você que se encontra nesse momento tendo de lidar com conflitos dentro da equipe, fica a dica que um bom líder reconhece e aceita as divergências. E também procura criar oportunidades para a expressão aberta do conflito. Se um líder opta por seguir com a abordagem acima, precisa ter em mente o que espera alcançar, as possíveis consequências e que medidas tomará para manter certos limites. Isso é gestão de conflitos, saber identificar suas nuances, origens e possíveis soluções.

lidercoach

Avaliação Lí­der Coach

Depois disso deve analisar como será após a resolução do conflito. De que forma deve estruturar ações com o objetivo de fortalecer o relacionamento entre os oponentes e minimizar conflitos futuros. Tenha em mente que os resultados das ações definidas para tratar sua equipe, impactarão a forma como eles o verão daqui para frente. Se você quer ser um bom espelho, invista tempo também em seu desenvolvimento. Gerir pessoas É uma arte que requer estudo, planejamento e estratégia. Te convido a fazer sua avaliação Lí­der Coach e descobrir,

Se você quiser nos mandar suas dúvidas, comentários ou sugestões fique à vontade.


Renata V. Lopes

Atua há mais de 25 anos na área de Tecnologia da Informação com gerenciamento de projetos e equipes multidisciplinares, em grandes empresas como Grupo Gerdau, Lojas Renner, Hewlett-Packard, Rio2016 e Grupo Guanabara. Master coach, leitora compulsiva, blogueira, apaixonada por redes sociais e estudante em constante desenvolvimento, acredita na cooperação, colaboração e compartilhamento do conhecimento como forma de aprendizado.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo Protegido!